25. Os Budistas devem ser vegetarianos?

21/03/2010 16:36

Algumas religiões proíbem certas comidas, porém Shakyamuni não proibiu nenhum alimento em particular.

Recentemente para manter uma dieta saudável, muitas pessoas estão se tornando vegetarianas. Porém, você não precisa ser vegetariana para ser um Budista. Shakyamuni ordenou a seus seguidores que comessem não mais que duas vezes ao dia e não comessem nenhum alimento sólido entre o anoitecer e o amanhecer do dia seguinte. Ele não mencionou nada sobre ser vegetariano. Shakyamuni se alimentava de qualquer comida que lhe fosse oferecida pelas pessoas. Acredita-se que a causa de sua morte tenha sido alimento envenenado em carne de porco que ele se alimentou. As pessoas oferecem aos monges uma porção da comida que prepararam para sua família. Shakyamuni proibiu monges de se alimentarem de comida que fosse preparada somente para os monges.

Quando o Budismo chegou à China, o Imperador ficou fascinado com os ensinamentos e decretou leis especiais para monges de maneira a proteger suas santidades. "Monges não deveriam comer carne pois é contra o preceito de não agredir a vida". Esta lei influenciou muitos outros países e até mesmo escolas de Budismo a praticar vegetarianismo nos dias de hoje.

Na China, ovos são autorizados em algumas tradições. No Japão, não somente a carne mas alguns vegetais são proibidos. O uso de alho, cebola, alho-poró e cebolinha é proíbido em mosteiros pois criam odor forte e, também ao ingerir tais vegetais, os praticantes tem dificuldades em manter a concentração na prática da meditação. Na Índia as vacas são considerados animais sagrados, portanto, as pessoas hesitam comer carne mesmo que não sejam proibidos de comê-la.

Voltar

Contato

Budismo Japonês

© 2017 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode